Imprimir faturas
English Português

A Empresa

A Transmissora Sul Brasileira de Energia S.A., atua no segmento de transmissão de energia elétrica. Constituída em 19 de dezembro de 2011, mediante Ata de Assembleia Geral de Constituição de Sociedade Anônima. Seu quadro de acionistas é composto pela Eletrosul Centrais Elétricas S.A. e Copel Geração e Transmissão S.A.

A Empresa tem como objetivo principal:
a) A construção, implantação, operação, manutenção e exploração das instalações de transmissão de energia elétrica da rede básica do Sistema Elétrico Interligado - compostos pela Linha de Transmissão Salto Santiago – Ita (525 kV) C2; Linha de Transmissão Ita – Nova Santa Rita (525 kV) C2; Linha de Transmissão Nova Santa Rita – Camaquã 3 (230 kV); Linha de Transmissão Camaquã 3 – Quinta (230 kV); Subestação Camaquã 3 (2x83 MVA, 230/69/13,8 kV), localizadas nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O Contrato de Concessão de Serviço Público de Transmissão de Energia Elétrica nº 004/2012 - ANEEL, datado de 10 de maio de 2012, celebrado com a União, por intermédio da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, outorga à empresa a concessão de serviço de transmissão de energia elétrica, pelo prazo de 30 anos, que consiste na implantação, manutenção e operação da Linha de Transmissão Salto Santiago – Itá (525 kV) C2 com extensão de 190 km, com origem na Subestação Salto Santiago localizada no Estado do Paraná e término na subestação Itá localizada no Estado de Santa Catarina; Linha de Transmissão Itá – Nova Santa Rita (525 kV) C2 com extensão de 305 km, com origem na Subestação Itá localizada no estado de Santa Catarina e término na Subestação Nova Santa Rita localizada no Estado do Rio Grande do Sul; Linha de Transmissão Nova Santa Rita – Camaquã 3 (230 kV) com extensão de 140 km, com origem na Subestação Nova Santa Rita e término na Subestação Camaquã 3 localizadas no Estado do Rio Grande do Sul; Linha de Transmissão Camaquã 3 – Quinta (230 kV) com extensão de 163 km, com origem na Subestação Camaquã 3 e término na subestação Quinta localizadas no Estado do Rio Grande do Sul; Subestação Camaquã 3 (2x83 MVA, 230/69/13,8 kV) localizada no município de Camaquã no Estado do Rio Grande do Sul, e respectivas conexões de unidades transformadoras, entradas de linha, interligação de barras, barramentos, reatores de linha, instalações vinculadas e demais instalações necessárias às funções de medição, supervisão, proteção, telecomunicação, comando, controle, administração e apoio.

A operação comercial do empreendimento foi dividida em 3 partes, a LT 525 kV Salto Santiago – Itá, entrou em operação comercial em 04 de fevereiro de 2014 , a LT 525 kV Itá – Nova Santa Rita, e 06 de agosto de 2014 e a LT 230 kV Nova Santa Rita – Camaquã 3 – Quinta e SE Camaquã 3, em 09 de dezembro de 2014, quando obtiveram as respectivas licenças ambientais de Operação.

Contando com 1 subestação e 798 km de linhas de transmissão, nas tensões de 230 e 525 kV, a área de transmissão da outorgada transporta a energia recebida do SIN - Sistema Interligado Nacional, usando suas linhas de transmissão para prover energia aos consumidores no Estado do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Com a implantação total do empreendimento, houve um aumento na capacidade de transmissão de aproximadamente 1400 MVA, contribuindo para o aumento da oferta de energia elétrica na região metropolitana de Porto Alegre e região sul do Estado do Rio Grande do Sul.

Quanto ao sistema de transmissão, este empreendimento integra o Lote A do leilão ANEEL nº 006/2011, que compõe a Rede Básica do SIN - Sistema Interligado Nacional, cuja coordenação da operação é do Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS, com o qual foi celebrado o respectivo Contrato de Prestação de Serviços de Transmissão - CSPT nº 029/2012, em 10 de Julho de 2012.